fbpx
Treino HIIT – ganho de massa e queima de gordura

O treino HIIT proporciona vários benefícios para quem pratica e está na ponta da língua entre quem acompanha as tendências do mundo fitness. Se você não sabe o que é isso, quais os principais benefícios e as indicações, fique atento a esse artigo.

Chamamos de treino HIIT a sigla para o termo estrangeiro High Intensity Interval Training. Numa tradução livre, podemos chamar de treinamento intensivo intervalado de alta intensidade. Não existe uma definição universal para esse treino, porém, consiste em intercalar um grande esforço físico com um período de recuperação.

Leia também: Benefícios da cafeína na atividade física

Exemplo de treino HIIT

Você pode alternar períodos de esforço com períodos de recuperação. Ao fazer uma corrida, pode começar com uma alta intensidade durante um espaço de tempo para, em seguida, diminuir o ritmo.

Durante um período entre cinco e oito minutos, os exercícios podem ser realizados com intensidade usando 80% a 95% da frequência cardíaca máxima estimada. Depois, o exercício pode diminuir a intensidade para 40% a 50% da frequência cardíaca estimada, durante tempo parecido. Essa sequência de alternância pode ter duração total entre 20 e 60 minutos.

Para quem é recomendado o treino HIIT?

O treino HIIT é recomendável para diversas finalidades. Por isso, identifique o seu objetivo antes de estruturar o seu treino junto do seu orientador físico.

Condicionamento físico

Principalmente no esporte, é muito comum que os atletas façam o treino HIIT. O jogador de futebol dá o pique para pegar a bola, corre com ela, passa ou finaliza e, em seguida, volta para o campo em um ritmo mais lento. O jogador de tênis corre na rede, rebate e recebe a bola de volta.

Por isso, o treino HIIT é sempre indicado para atletas que precisam aprimorar a performance como complemento da prática física.

Perda de peso

Por elevar bastante a frequência respiratória, cardíaca e capacidade de mobilizar a adrenalina, é excelente para perder peso. O treino HIIT possibilita a síndrome metabólica, que é o uso da gordura do corpo como combustível para as práticas físicas.

A gordura usada não é apenas a subcutânea, presente nos membros superiores e inferiores, mas também a gordura intravisceral, presente na região abdominal – considerada a mais difícil de queimar. Chamamos esse processo de síndrome metabólica.

Melhora a sensibilidade da insulina

Por usar a glicose como fonte de energia, o treino HIIT torna os níveis de insulina adequados ao organismo. Lembrando que a função da insulina é justamente metabolizar essa glicose para fornecer energia ao corpo. Portanto, você aperfeiçoa a sensibilidade da insulina.

Eu recomendo que, para priorizar sua saúde e segurança, você converse com um profissional da área de educação física antes de fazer do treino HIIT sua rotina. Espero ter esclarecido as principais dúvidas sobre o assunto.

Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do Youtube.

Até a próxima!

Dr. Márcio Tannure

Dr. Márcio Tannure

Referência na Medicina do Esporte, Márcio Tannure é membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia e Membro da Sociedade de Artroscopia e Traumatologia do Esporte. Faz parte da equipe médica do Flamengo há mais de 15 anos e Médico Oficial da UFC desde 2011.