Carboidrato ou proteína: a verdade que ninguém te conta

Se você tem dúvidas sobre o que é melhor, carboidrato ou proteína, continue até o final deste artigo. O objetivo é desmistificar este assunto que gera confusão e até um dedo de polêmica.

Atualmente, ouvimos falar que o carboidrato é o principal vilão da alimentação. Não é para menos: absolutamente tudo que temos disponível em nossa alimentação, principalmente em termos de preços e praticidade, conta com uma alta taxa de carboidrato.

Originalmente, nosso organismo não foi feito para receber a quantidade de carboidrato que consumimos atualmente. Os carboidratos ficaram muito bem escondidos em raízes, frutas e outros alimentos que nossos antepassados milenares não tinham fácil acesso.

Hoje, a dinâmica da nossa vida mudarou muito e temos carboidratos a todo momento. Praticamente todo alimento encontrado em um pacote de forma prática (biscoito, bolo, entre outros) são fontes muito ricas desse nutriente. Para substituir, há quem indique o consumo de alimentos onde as proteínas são abundantes.

Mas, o quanto essa troca é vantajosa? Você sabe a diferença entre consumir carboidrato ou proteína?

A verdade sobre a formação de gorduras

Cada caso é bastante específico, no entanto, se uma pessoa é adepta do consumo de muitos carboidratos, o ideal é sim reduzir. Agora, o que poucos sabem, é que colocar proteínas como substitutivo não é uma boa ideia.

Especialmente nos casos em que o foco é o emagrecimento, se a pessoa troca o excesso de carboidratos pelo excesso de proteínas, o resultado será o mesmo: mais gorduras. Vejo muitos pacientes relatando sobre tomar whey, o que considero um ótimo suplemento, mas sem saber dosar esse consumo. O resultado é que não conseguem emagrecer.

Poucos entendem, mas o problema desses nutrientes é quando encontram-se em excesso no organismo. Independente se é carboidrato ou proteína, quando sobra, é convertido em gordura a ser armazenado no organismo.

Por isso, é tão importante consumir exatamente a quantidade de calorias necessárias para realizar as atividades diárias. Nem a mais, nem a menos.

Leia também: Como manter a rotina de atividades físicas na viagem?

Quantas calorias consumir?

Essa conta de calorias por dia é bastante individual. Por esse motivo eu recomendo fortemente que você consulte seu nutricionista para que ele desenvolva um cardápio 100% focado nas suas necessidades e objetivos.

O que você precisa saber é que consumir carboidratos ou proteínas a mais vai engordar seu corpo. Afinal, tudo que o organismo não utiliza acaba armazenado como reserva de energia. Gordura mesmo.

Mas, deixar de consumir calorias também não é uma boa ideia. Se você consome carboidratos ou proteínas a menos que a sua necessidade, todo o seu consumo será direcionado para formar as células. Isso significa que o sistema imunológico vai ficar pobre em nutrientes.

Esse recado é principalmente para quem começa a treinar e acredita que quanto menos calorias consumir mais gordura acumulada vai mandar embora. Provavelmente, o único efeito rápido e prático que você vai sentir é a sua imunidade ficar baixa. E você, resfriado ou com alguma infecção, inclusive impedido de treinar.

Uma alimentação balanceada com carboidratos, proteínas, gorduras de boa qualidade, vitaminas e outros nutrientes essenciais é o melhor caminho para vencer a obesidade e ganhar qualidade de vida.

Espero ter esclarecido a questão sobre carboidrato ou proteína. Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.

Até a próxima!

Dr. Márcio Tannure

Referência na Medicina do Esporte, Márcio Tannure é membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia e Membro da Sociedade de Artroscopia e Traumatologia do Esporte. Faz parte da equipe médica do Flamengo há mais de 15 anos e Médico Oficial da UFC desde 2011.