Comer de 3 em 3 horas é saudável?

Em uma pesquisa rápida na internet onde o tema seja dietas para emagrecimento, certamente você vai encontrar a recomendação de comer de 3 em 3 horas. Mas, você já se perguntou sobre a veracidade dessa informação?

O argumento central que defende a necessidade de comer de 3 em 3 horas é a queima de calorias e ativação do metabolismo. Feliz ou infelizmente, essa informação não passa de um mito e eu vou explicar o porquê.

Leia também: Quais as vantagens de tomar suplemento?

Como funciona nosso organismo?

Você pode ter a sensação de que as pesquisas sobre alimentação apontam para caminhos em que a tecnologia está no centro, fazendo a vida das pessoas saudável aliada à alimentação. Porém, para entender como nosso organismo funciona hoje é preciso investigar como viviam nossos ancestrais.

Há alguns séculos e até milênios, o ser humano vivia por mais tempo e com muito mais saúde. É claro que o estilo de vida era completamente diferente, assim como as prioridades. Tanto que contamos com várias características físicas e instintivas que eram úteis em tempos remotos.

Dentes fortes para mastigar alimentos crus e carnes, um cérebro focado na economia de energia para ser utilizada em momentos de alerta e ouvidos atentos ao menor ruído – que pode representar perigo – são algumas heranças genéticas dessa fase.

É preciso que você entenda, portanto, que apesar das mudanças rápidas que tivemos em nosso estilo de vida no último século, nosso organismo ainda é programado para viver como nossos ancestrais.

Você já se perguntou como era a alimentação há alguns milênios? Será que era possível comer de 3 em 3 horas?

Comer de 3 em 3 horas: um mito

Em tempos onde o alimento precisava ser caçado, pescado ou colhido, certamente comer de 3 em 3 horas não era algo viável. Hoje, temos à nossa disposição comida em supermercados, onde o preparo é rápido ou mesmo dispensável.

Nossa fisiologia ainda é bastante parecida com a de nossos ancestrais. Assim, o hábito de comer de 3 em 3 horas é desaconselhado para a maioria das pessoas.

Se você tem dúvidas sobre com que frequência comer, eu recomendo que consulte um médico ou nutricionista. É este o profissional qualificado para medir a sua necessidade e sugerir uma alimentação balanceada.

O que você precisa entender agora é que o organismo de nenhum animal foi programado para receber alimentos com tamanha frequência. Nem mesmo o ser humano.

Além de você sobrecarregar o seu organismo, ainda está colocando muitas toxinas para dentro do seu corpo. Afinal, o mais comum é que os pequenos lanches entre as refeições principais sejam repletos de açúcares e farináceos, normalmente itens industrializados. Opções nada saudáveis.

É por isso que dificilmente recomendamos às pessoas o hábito de comer de 3 em 3 horas. O caminho para uma vida mais longa e saudável costuma ser a introdução de alimentos mais saudáveis em um espaço de tempo maior.

Espero que este artigo seja um incentivo para você repensar os seus hábitos de vida.

Até a próxima!

Dr. Victor Sorrentino

Dr. Márcio Tannure

Referência na Medicina do Esporte, Márcio Tannure é membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia e Membro da Sociedade de Artroscopia e Traumatologia do Esporte. Faz parte da equipe médica do Flamengo há mais de 15 anos e Médico Oficial da UFC desde 2011.