Emagrecer dormindo é possível? Entenda a relação entre sono e metabolismo.

Não, você não caiu em um artigo sensacionalista. Emagrecer dormindo da maneira como muitos vendem, onde a gordura some magicamente durante as horas de sono, não é possível.

O que tem perfeita relação é a qualidade do sono com o processo de emagrecimento. Sim, para que o emagrecimento seja saudável e eficaz, é fundamental que o corpo esteja em dia com o seu descanso.

Se você está surpreso com essa afirmação, saiba que não é o único. A maior parte das pessoas está preocupada em ter o melhor tênis para correr ou treinar, porém, não dá a mesma atenção para o colchão ou o travesseiro que usam para dormir.

A questão do sono é quase sempre muito subestimada. Há quem acredite ser uma perda de tempo. Ignoram o fato de que, para viver com qualidade e conquistar um corpo magro e saudável, precisamos passar pelo menos um terço de nossas vidas dormindo.

Se você quer entender a relação entre sono e emagrecimento, continue até o final deste artigo.

Dormir bem para emagrecer

É durante as horas de sono que o seu organismo desacelera o ritmo, renova as células e todos os hormônios responsáveis pela regulação do metabolismo trabalham. O GH, que é o hormônio do crescimento e uma de suas funções é usar a gordura como fonte de energia, é produzido à noite em fase de sono profundo.

Este é só um exemplo. Todos os hormônios que ditam nosso ciclo cardiano são regulados durante a noite.

Dormir durante tempo suficiente é essencial, mas não é sobre quantidade que quero falar e sim sobre qualidade. Nosso sono precisa alcançar bem todas as fases, da mais superficial até o sono REM.

Leia também: Comer de 3 em 3 horas é saudável?

A tendência natural é que todo o estresse, alimentação errada, entre outros desequilíbrios ao qual submetemos o organismo durante o dia, seja equilibrado durante o sono.

Quando a pessoa não dorme bem, seus hormônios não ficam regulados. Para agravar a situação, se ela estiver em situação de sobrepeso, os riscos de desenvolver apneia do sono e outros problemas que aumentam a pressão arterial são maiores.

A consequência? Maior desejo de açúcares e carboidratos durante o dia.

Emagrecer dormindo

Duas noites de sono mal dormidas são suficientes para desregular todo o organismo. Muitos dos meus colegas médicos, ao fazer plantões seguidos, passam por isso. Acreditam que comer doces é mais prático e consomem mais com essa desculpa. Porém, é o organismo que requer maior quantidade de açúcar quando não está bem descansado.

Assim, além de toda a questão que envolve o repouso de corpo e mente, a sua alimentação também tende a ficar desequilibrada quando o sono não é de qualidade.

Então, como emagrecer com tanto desequilíbrio? Em meu consultório, quando pergunto sobre o sono, são poucas as pessoas que dizem dormir bem. São muitas as preocupações e até o tempo de sono é cada vez menor.

No entanto, se você deseja emagrecer dormindo, o primeiro passo é dar mais atenção às noites de sono. Aposte em um ambiente bem escuro e silencioso, beba um chá que não seja estimulante, faça uma refeição leve pelo menos uma hora antes… Crie seu próprio ritual.

Espero que este artigo tenha ajudado você a entender como emagrecer dormindo. Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.

Até a próxima!

Dr. Márcio Tannure

Dr. Márcio Tannure

Referência na Medicina do Esporte, Márcio Tannure é membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia e Membro da Sociedade de Artroscopia e Traumatologia do Esporte. Faz parte da equipe médica do Flamengo há mais de 15 anos e Médico Oficial da UFC desde 2011.