Mitos e verdades sobre Whey Protein e suplementação

Os mitos e verdades sobre Whey Protein permeiam boa parte das conversas entre atletas e frequentadores das academias. Por isso, hoje eu trouxe o assunto para esclarecer dúvidas e desmistificar algumas meias verdades sobre esse suplemento.

Leia também: Quais as principais vantagens de tomar suplemento?

O que é Whey Protein?

Antes de começar a conversa dos mitos e verdades sobre Whey Protein, preciso explicar exatamente de que se trata. O Whey Protein é um suplemento baseado na proteína isolada retirada do soro do leite, utilizado por atletas e praticantes de atividades físicas em geral.

Entre as principais indicações do consumo do Whey Protein estão a hipertrofia muscular, o emagrecimento, o alto valor biológico e a recuperação da massa muscular. Agora, vamos aos mitos e verdades sobre Whey Protein.

Quem tem intolerância à lactose não pode tomar Whey Protein.

Mito. A maior parte dos intolerantes à lactose pode consumir Whey Protein sem nenhum prejuízo à saúde. É interessante pesquisar as diversas marcas e tipos de proteínas, como aquelas da carne ou mesmo as veganas, a fim de descobrir qual a melhor opção para você.

Quanto mais tomar, mais hipertrofia

Mito. Whey Protein ajuda na construção da massa muscular devido à sua qualidade proteica, no entanto, esse ganho não é proporcional à quantidade consumida. Obter o efeito da hipertrofia muscular está ligado ao conjunto de boa alimentação, exercícios físicos regulares e suplementação. Portanto, o Whey Protein não faz milagres, apenas cumpre o seu papel.

Whey Protein em excesso engorda

Verdade. Pouca gente sabe, mas um grama de proteína tem a mesma quantidade de caloria que um grama de carboidrato. Portanto, quando é consumido em excesso, não vai aumentar a massa muscular mas sim a gordura. Tudo depende do quanto o organismo absorve e metaboliza dessa proteína.

Em especial as mulheres, que até absorvem o Whey Protein na mesma velocidade que os homens, porém, ficam em desvantagem na hora de  metabolizar. Assim, as quantidades do suplemento devem ser menores para elas.

Então, quanto Whey Protein tomar?

Exceto em casos específicos de atletas de alto rendimento, a quantidade ideal de proteína por refeição costuma ficar numa média de 25 gramas. Mais do que isso, além de ser desperdício de dinheiro, o corpo simplesmente não consegue metabolizar.

Portanto, eu recomendo que o consumo de proteínas em geral – não só de Whey, mas também dos alimentos – seja fracionada ao longo do dia, em cada refeição, sem ultrapassar as 20 ou 25 gramas por vez. No vídeo abaixo, eu ensino a calcular a quantidade ideal de proteínas por quilo da pessoa. No entanto, também recomendo que você faça uso do Whey Protein sob orientação médica, nutricional e esportiva.

O Whey Protein é um suplemento do qual gosto muito devido à riqueza nutricional e à praticidade de levar para qualquer lugar. Porém, para fazer os efeitos desejados e não prejudicar a saúde, deve ser indicado da forma correta.

Espero ter tirado as dúvidas dos mitos e verdades sobre Whey Protein. Para saber mais do tema, veja o vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.

Até a próxima!

Dr. Márcio Tannure.

Dr. Márcio Tannure

Referência na Medicina do Esporte, Márcio Tannure é membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia e Membro da Sociedade de Artroscopia e Traumatologia do Esporte. Faz parte da equipe médica do Flamengo há mais de 15 anos e Médico Oficial da UFC desde 2011.